Quadrilha cristã é presa depois de haver aplicado golpe financeiro

Usando a pirâmide financeira com fiéis e inúmeras pessoas, a quadrilha aplicava golpes que prometiam lucro aos seus clientes


Publicado em: 22/05/19 às 9:02 por Junior Moura | Atualizado em 22/05/2019 às 9:05

Evangélicos acusados de golpear pessoas com pirâmide financeira (Imagem Ilustrativa)

Um pastor evangélico, de Caiapônia, no Sudoeste de Goiânia, foi preso juntamente com seu filho, um fiel e um policial civil por se envolver em crime utilizando a pirâmide financeira.

Dessa forma, eles foram denunciados por aplicar golpes em inúmeras pessoas. Esse crime no entanto, se tratava de oferecer lucro na negociação de barris de petróleo mediante investimento em uma falsa empresa. O valor estimado por eles chegavam a R$ 500 mil.

+Cantor gospel Paulo César Baruk não é mais membro da Igreja Presbiteriana

Para surpresa de muitos, além de um pastor que é líder da Assembleia de Deus, estava envolvido no caso, fiéis da própria congregação. Estes, por sua vez formando dentro da igreja um quadrilha.

Diante do ocorrido, o advogado dos quatro disse que não iria se pronunciar sobre o caso. Já a polícia Civil disse que eventualmente o escrivão foi afastado de seu cargo. Ainda a polícia concluiu dizendo que mediante ao que for resolvido, o mesmo deverá pagar pelos seus atos.

Como a denúncia foi feita

Entretanto, a denúncia contava que o esquema teve inicio no ano de 2016. Quando o mesmo, foi colocado em prática, estima-se que o grupo enganou diversas pessoas. Esse público foi enganado em mais ou menos quatro cidades de Goiás e uma do Mato Grosso.

Para participar, os interessados deveriam realizar uma taxa de R$ 120,00. De acordo com o Ministério Público, eles falavam para os clientes que não tivessem medo, pois era tudo seguro.

Com isso, essas pessoas que estavam participando para ter lucro, acabava que estavam tendo prejuízo. No entanto, começaram a reclamarem pelo fato.

+Polêmica: Cantor gospel Samuel Mariano é acusado de cancelar show e não devolver cachê

Inicialmente, os envolvidos alegavam que o site da empresa estaria com defeito e que os lucros seriam recebidos “brevemente”. Sem respostas, as vítimas voltavam a procurar os denunciados, que alegavam que “a empresa tinha quebrado” e não seria mais possível ressarcir o valor.

Por fim, os quatro denunciados deverão responder por estelionato, associação criminosa e crime contra e economia popular.




Mais lidas

Mais artigos

Igrejas de SP podem ficar isentas de taxas | Câmara já aprovou

O projeto foi votado e aprovado, agora segue pra sanção do prefeito João Dória


Igreja de R.R Soares deve quase R$15 Milhões à União |

Segundo levantamento, passa de R$900 milhões a dívida de entidades religiosas com o Governo


Presidente – Michel Temer pede orações após descobrir doença

Assessores de Temer estão pedindo que os pastores levantem um clamor pela vida do presidente


Magno Malta se irrita e ameaça processar a TV Senado –

O Senador insistiu que o câmera focasse na foto que ele segurava enquanto discursava


Cantor gospel | morre eletrocutado durante evento em igreja

Ele encostou em um fio desencapado e recebeu uma forte descarga. Foi levado ao hospital e faleceu.


Site lança biografia polêmica da cantora gospel Flordelis

A carreira música e política de Flordelis também é destacada no texto, que já recebeu duras críticas.


Veja | quais são as 7 músicas gospel que ficarão para história

Confira a lista das músicas gospel que marcaram nossa geração


Aline Barros fica surpresa pelo público alcançado com o seu novo projeto

Os seguidores da artista gospel estão achando magnifico, e ficaram impressionados


Cantor gospel Carlinhos Félix concede entrevista exclusiva ao Gospel Post

Desde sempre eu tenho esse chamado e Deus me escolheu mesmo, como agente canta, 'lá no ventre da minha mãe'.  


Silas Malafaia quebra o silêncio e rebate as críticas da revista Veja!

A revista Veja! nesse domingo (26) fez uma publicação onde dizia que a bancada evangélica estava com medo de se manifestar sobre as mobilizações de ontem