Pastor da Assembleia de Deus é nomeado ministro da Secretaria-Geral

O anunciou foi feito pelo presidente Michel Temer na noite de ontem (24).


Publicado em: 25/05/18 às 17:59 por Micael Batista | Atualizado em 25/05/2018 às 17:59


Deputado federal em seu segundo mandato, e pastor da Assembleia de Deus, Ronaldo Fonseca, agora é o novo ministro da Secretaria-Geral.

O anuncio foi feito pelo presidente Michel Temer, na noite de quinta-feira (24). O cargo era de responsabilidade de Moreira Franco (MDB-RJ) até abril deste ano, mas atualmente ele é ministro de Minas e Energia. Joaquim Lima de Oliveira estava comandando a pasta interinamente.

O Pr. Ronaldo Fonseca possui um histórico de defesa no governo Temer, na Câmara dos Deputados e já presidiu o conselho politico da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

+ Bispo Marcos Pereira deixa cargo de ministro da Indústria

O ministério do pastor é responsável pelas secretarias nacionais de Comunicação Social e de Assuntos Estratégicos, além do Programa de Parcerias para Investimentos.

A Secretaria-Geral havia sido extinta em 2015 pela então presidente Dilma Rousseff, mas foi recriada em fevereiro de 2017 por Michel Temer.

A medida de Temer foi alvo de polêmica, já que Amoreira Franco, anunciado na época como ministro, havia ganhado direito ao foro privilegiado em meio a diversas denúncias de delatores da Lava Jato contra ele.

Ronaldo Fonseca é de Volta Redonda (RJ). É advogado e atualmente está sem partido, mas já teve passagem pelo PP, PSC, PR, Pros e Podemos.

Fonseca já atuou nas comissões de Defesa do Consumidor, de Constituição e Justiça, de Direitos Humanos e Educação, segundo o site da Câmara.

O deputado chegou a ser cotado pela base evangélica, para disputar um mandato de senador ou até mesmo de vice na chapa de Rodrigo Rollemberg (PSB). Mas agora estará fora da disputa eleitoral.

Com sua saída da Câmara, o pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, Vitor Paulo (PRB), assume a vaga, já que é o primeiro suplente da coligação.

A posse de Ronaldo Fonseca ao cargo ocorrerá no próximo dia 28, às 16h no Palácio do Planalto em Brasília.

Entre os governos de Lula e Dilma, a Secretaria-Geral da Presidência foi comandada por Luiz Dulci (2003-2010), Gilberto Carvalho (2011-2014) e Miguel Rossetto (2015).




Mais lidas

Mais artigos

Evangélico; Wesley Safadão vai à igreja mesmo com uma agenda de 25 shows por mês

O cantor ainda é muito criticado por ainda atuar no meio secular depois da sua conversão


Padre pede liberdade de Lula e depois se desculpa

O caso foi registrado no último domingo (21) durante a celebração de uma missa.


Após abandonar música gospel; Tonzão diz estar muito endividado e pede orações

O anuncio da falta de dinheiro foi feito numa das redes sociais do cantor, que deixou o gospel no final de 2017.


Igrejas de SP podem ficar isentas de taxas | Câmara já aprovou

O projeto foi votado e aprovado, agora segue pra sanção do prefeito João Dória


Igreja de R.R Soares deve quase R$15 Milhões à União |

Segundo levantamento, passa de R$900 milhões a dívida de entidades religiosas com o Governo


Presidente – Michel Temer pede orações após descobrir doença

Assessores de Temer estão pedindo que os pastores levantem um clamor pela vida do presidente


Magno Malta se irrita e ameaça processar a TV Senado –

O Senador insistiu que o câmera focasse na foto que ele segurava enquanto discursava


Cantor gospel | morre eletrocutado durante evento em igreja

Ele encostou em um fio desencapado e recebeu uma forte descarga. Foi levado ao hospital e faleceu.


Site lança biografia polêmica da cantora gospel Flordelis

A carreira música e política de Flordelis também é destacada no texto, que já recebeu duras críticas.


Veja | quais são as 7 músicas gospel que ficarão para história

Confira a lista das músicas gospel que marcaram nossa geração