Joyce Mayer libera tatuagem e ataca “religiosos”

Joyce Mayer libera tatuagem e critica “religiosos”

Publicado em por

Joyce Mayer libera tatuagem e ataca “religiosos”


Joyce Mayer uma das maiores pregadoras do meio gospel, chamou a atenção de seus seguidores em uma de suas palestras quando disse que não é pecado fazer tatuagem, dançar e usar maquiagem, e acabou gerando controvérsias sobre o assunto.

Em uma pregação recente, ela defendeu biblicamente sua opinião e disse que pode até fazer uma tatuagem para afrontar os “religiosos”.

Segundo o site Christian Post, Joyce afirmou que os religiosos fizeram uma grande confusão confundindo santidade com legalismos e criaram muitas regras, tabus sobre assuntos do dia a dia, dificultando as pessoas servirem a Cristo.

Fazendo uso do texto bíblico de Isaías 44: 5 para embasar sua posição quanto a tatuagens, como sendo uma marca fixa no corpo, ela postulou que a Palavra diz:“Este dirá: Eu sou do Senhor; e aquele se chamará do nome de Jacó; e aquele outro escreverá com a sua mão ao Senhor, e por sobrenome tomará o nome de Israel.”

+ Estudo afirma que Rainha Elizabeth é descendente do profeta Maomé

E defendeu que Deus tatuou a sua própria mão, usando o texto de Isaías 49.16: “Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim.”

A pastora disse que mesmo em sua casa, seu esposo inicialmente não concordava com sua posição acerca do assunto, mas que com o tempo e meditação, ambos puderam compreender que a proibição, era apenas mais uma doutrina do legalismo cristão.

“Eu vivi na escravidão por causa do legalismo, tudo no legalismo é sobre o que você não pode fazer, deixe-me dizer uma coisa: não é chato servir a Cristo, é muito divertido e há tantas coisas que você pode fazer e não apenas isso, você pode Aproveite tudo!”, contou Meyer.

Meyer disse ainda que tantas proibições afastam as pessoas da igreja: “É por isso que muitas pessoas hoje não querem nada com a igreja, porque tudo o que recebem é crítica e julgamento”, ponderou.

A opinião dela chocou a muitos e alegrou a outros. O pastor Will Honeycutt, professor da Liberty University, se pronunciou falando sobre as declarações de Mayer dizendo que apesar de “a Bíblia não proíba explicitamente as tatuagens”, a igreja de Cristo deve compreender que “a Bíblia tem uma visão elevada do corpo como obra de Deus, que não deveria ser desfigurado “.Qual a sua opinião?





Copyright © Beenla Networks LTDA. Todos os direitos reservados.