Estudo afirma que Rainha Elizabeth é descendente do profeta Maomé

A descoberta causou após ser publicada em um jornal britânico

Publicado em por

Estudo afirma que Rainha Elizabeth é descendente do profeta Maomé


Um estudo com as 43 gerações da família real britânica revelou que a rainha Elizabeth II é descendente do profeta Maomé.

A pesquisa foi feita por Abdelhamid Al-Aouni, historiador marroquino.

A descoberta deu o que falar assim que quando foi publicada no jornal Economist.

A publicação afirma que a rainha Elizabeth e toda a família real britânica, são descendestes de Maomé.

O historiador chegou a essa conclusão, ao encontrar o ramo da árvore genealógica de Fátima, filha mais nova do profeta Maomé. Ela casou com o primo do pai, e assim deu origem a uma das mais prestigiadas e numerosas linhagens islâmica.

Os sayyid, são os descendentes do profeta, que hoje somam milhões de integrantes.

Foi quando na Idade Média a princesa islâmica Zaida, fugiu para a corte do rei Afonso VI (1040 – 1109). Zaida se converteu, mudou o nome e se casou com o monarca.

Um dos descendes de princesa Zaida – já com o nome de Isabel -, casou-se com o Conde de Cambridge, (que é uma antiga cidade universitária do Reino Unido e que tem como duque o príncipe William, neto de Elizabeth) levando os genes de Maomé para a nobreza britânica.





Copyright © Beenla Networks LTDA. Todos os direitos reservados.