Saiba quais cantores abandonaram a música gospel no último ano

Em 2017 a lista foi extensa, já a em 2018 primeira saída do gospel para a música secular aconteceu na primeira semana.


Publicado em: 04/01/18 às 23:57 por Micael Batista | Atualizado em 04/01/2018 às 23:57


Todos os dias presenciamos o nascimento de uma nova estrela da música gospel, da mesma forma, assistimos muitos outros saírem do mundo gospel e voltar ou iniciar a carreira na música secular.

A repercussão é bem maior quando o cantor gospel deixa o gênero e parte para outro.

Em 2017 por exemplo, tivemos vários artistas que deixaram a carreira na música religiosa, para ingressar ou retornar a carreira secular.

Tonzão Chagas

Em 2018, o primeiro nome que deixou a música gospel já foi divulgado. Trata-se do cantor Tonzão Chagas, que é conhecido por diversas polêmicas, uma dela foi noticiada aqui no site Gospel Post, quando o cantor foi flagrado usando meias com estampas de folhas de maconha.

Um vídeo também mostra o cantor em um baile funk do Rio de Janeiro. É possível ver o cantor falando até palavrão no vídeo. Centenas de seguidores comentaram sobre o vídeo. O cantor desativou sua conta no Instagram e Facebook.

Tonzão já foi cantor de funk, mas junto com sua esposa, Cibere Almeida, que era uma das ex-integrantes do grupo Gaiola das Popozudas, e se converteu.

Perlla

A carioca que ficou famosa pela música “Totalmente Demais” em 2006, largou o secular e partiu para uma carreira gospel.

Mas foi em 2013, que Perlla decidiu ingressar na música gospel, durante quatro anos, Perlla ficou longe dos holofotes, e com poucas agendas.

Sem nenhum contrato com gravadora gospel, Perlla testemunhava em igrejas, a transformação que Cristo fez em sua vida.

Mas em junho de 2017, Perlla abandonou a carreira gospel, foi em um programa de rádio, apresentado pelo promoter e radialista, David Brazil, que Perlla deu os primeiros sinais da sua saída da música gospel.

No programa ela cantou músicas gospel e incluiu no repertório músicas seculares, com isso, o pastor Otoni de Paula da Igreja Missão Vida, onde Perlla tinha uma agenda marcada, decidiu que a cantora não se apresentaria mais em sua igreja.

O pastor foi ao Facebook, e anunciou que a cantora não poderia mais participar do evento.

Sete dias após o pronunciamento do líder religioso, Perlla anunciou o fim da sua carreira gospel e o retorno ao funk.

O caso ainda foi polêmica, após uma entrevista que a cantora concedeu a Danilo Gentili, no talk show The Noite (SBT). Ela disse na entrevista que foi “escorraçada” e muito “humilhada”.

Felipão

Já em agosto do ano passado, o cantor nordestino Felipão anunciou sua volta ao forró. Conhecido do público forrozeiro, o cantor paraibano Felipão, anunciou sua ida para o mundo gospel em 2010. A repercussão entre os fãs de seu trabalho no forró foi enorme.

Durante oito anos, Felipão lançou três CDs, um DVD e escreveu dois livros do gênero gospel. Mas em 2017 ele voltou para o forró. Com agendas ainda para cumprir como cantor gospel, Felipe Gurgel, o Felipão, montou um novo formato de show e garantiu cantar antigos sucessos do forró. Além disso, o cantor incluiu hits de Wesley Safadão e Solange Almeida.

Segundo ele, as ‘novas músicas’ de seu repertório como cantor de forró, não são de duplo sentido como outras. Ele garante que está em paz com suas escolhas.

Sobre sua saída da música gospel ele afirma:

“Para mim era muito pesado. No meu coração não sentia paz nessa comercialização da música e da fé. A coisa pra funcionar tem que ser profissional. Tem que barganhar negociar e bajular. São práticas normais no meio musical. Mas minha intenção não era essa. Isso me doía por dentro”.

Lucas Fernandes

Outra saída polêmica do mundo gospel, foi a do cantor Lucas Fernandes.

Considerada uma revelação da música gospel, Lucas tinha parceria com artistas como Anderson Freire e trabalhos bem sucedidos.

Evangélico desde 5 anos de idade, o cantor era premiado, tinha uma agenda de show lotada, inclusive com shows até fevereiro de 2018), mas chocou todos seus fãs com a reviravolta na carreira.

Em novembro de 2017, Lucas Fernandes se transformou em Lucas Miziony, cantor de música pop secular.

De cara, ele lançou um EP com o título “Homem ou Mulher. Na capa do seu novo trabalho, havia duas imagens: como um gay e outra como drag queen.

Segundo Lucas, que tem 23 anos, já era assumido homossexual há um ano.

Suas referências sempre foram Beyoncé e a drag, Pablo Vittar.

“Percebi onde eu poderia chegar. Eu vivia com uma máscara. Agora quero mostrar que sou uma pessoa como qualquer outra. Quero quebrar esse preconceito”.

Lucas era membro da Assembleia de Deus de São Paulo, mas ele se desvinculou da igreja, por não se sentir mais bem no local. Afirmando que não concorda com o segmento da igreja em relação a homossexualidade.




Mais lidas

Mais artigos

Evangélico; Wesley Safadão vai à igreja mesmo com uma agenda de 25 shows por mês

O cantor ainda é muito criticado por ainda atuar no meio secular depois da sua conversão


Padre pede liberdade de Lula e depois se desculpa

O caso foi registrado no último domingo (21) durante a celebração de uma missa.


Após abandonar música gospel; Tonzão diz estar muito endividado e pede orações

O anuncio da falta de dinheiro foi feito numa das redes sociais do cantor, que deixou o gospel no final de 2017.


Igrejas de SP podem ficar isentas de taxas | Câmara já aprovou

O projeto foi votado e aprovado, agora segue pra sanção do prefeito João Dória


Igreja de R.R Soares deve quase R$15 Milhões à União |

Segundo levantamento, passa de R$900 milhões a dívida de entidades religiosas com o Governo


Presidente – Michel Temer pede orações após descobrir doença

Assessores de Temer estão pedindo que os pastores levantem um clamor pela vida do presidente


Magno Malta se irrita e ameaça processar a TV Senado –

O Senador insistiu que o câmera focasse na foto que ele segurava enquanto discursava


Cantor gospel | morre eletrocutado durante evento em igreja

Ele encostou em um fio desencapado e recebeu uma forte descarga. Foi levado ao hospital e faleceu.


Site lança biografia polêmica da cantora gospel Flordelis

A carreira música e política de Flordelis também é destacada no texto, que já recebeu duras críticas.


Veja | quais são as 7 músicas gospel que ficarão para história

Confira a lista das músicas gospel que marcaram nossa geração