Pastor que atacou cantora Perlla, grava vídeo falando de Bolsonaro

Otoni de Paula falou sobre uma matéria da Folha de São Paulo e da aparição de Luciano Huck, falando sobre politica na Rede Globo.

Publicado em por

Pastor que atacou cantora Perlla, grava vídeo falando de Bolsonaro


Em apoio ao deputado Jair Bolsonaro (PSC – RJ), o vereador do Rio de janeiro, Otoni de Paula (PSC) gravou um vídeo fazendo criticas os meios de comunicação que falaram sobre o presidenciável, esta semana.

No vídeo, postado no Facebook de Bolsonaro, o vereador e pastor, comentou sobre a recente reportagem da Folha de São Paulo, onde o veículo de comunicação fez um levantamento de todo o patrimônio da família Bolsonaro.

Para Otoni, a reportagem não foi algo bem visto pelos leitores, já que a ideia da ‘Folha’ foi “descredibilizar” Bolsonaro.

“Gente, ficou feio demais. Pegar todo patrimônio da família Bolsonaro? Pra dizer o que? De que Bolsonaro não é honesto, como o povo está percebendo que ele é honesto e por isso querem votar nele?”

O vereador diz ainda que, não é dessa forma que a ‘Folha’ vai impedir das pessoas creditarem que Bolsonaro é honesto.

A reportagem, publicada no último dia 7 de janeiro no portal da Folha de São Paulo, mostra detalhadamente todos os bens que a família do presidenciável adquiriu nos últimos dez anos.

A matéria diz ainda que os preços de aquisição de apartamentos e casas, por exemplo, estavam bem abaixo da avaliação da Prefeitura do Rio de Janeiro, na época da compra.

Ainda no vídeo, que tem menos de dois minutos, Otoni fala sobre a Rede Globo.

Na verdade, ele comenta sobre o episódio onde o apresentador, Luciano Huck, aparece no programa do Faustão no último domingo (7).

O vereador acusou a Globo de ter feito propaganda eleitoral fora de hora. Isso porque surgiu a hipótese de Huck, se eleger a Presidente do Brasil ainda em 2018.

“Viu o que que a Globo fez ontem (domingo)? Apresentou o presidenciável, Luciano Huck! Propaganda eleitoral fora de hora. Mas não vai acontecer nada, porque foi a Globo. Agora imagina se fosse Jair Messias Bolsonaro?”, ressalta o vereador.

Na ocasião, Luciano Huck quando questionado por Fausto Silva, sobre a candidatura a presidência, ele garantiu que não se elegeria, mas que iria ajudar a transformar a politica brasileira.

Finalizando o vídeo, Otoni de Paula, acusa a imprensa de eleger ou tirar presidentes. Mas ele garante que as redes sociais estão fazendo o papel de “libertadores de mentes” dos brasileiros.

E diz, que se a imprensa continuar assim, o povo vai eleger Jair Bolsonaro como Presidente do Brasil.

“Vocês da imprensa estão acostumados, na arrogância de vocês, a eleger presidente, tirar presidente. Só que nessa eleição, isso tá fugindo do controle de vocês. A rede social está tendo um papel fundamental, que é o papel libertador da mente do cidadão brasileiro. Continuem batendo em Jair Bolsonaro, porque ele é igual massa de bolo: quanto mais bater, mais ele vai crescer”, finalizou Otoni de Paula.

 

O pastor Otoni já se meteu em polêmicas. Uma delas foi com a cantora Perlla. Ele publicou em sua rede social a suspensão de uma apresentação da cantora em sua igreja.

O fato ocorreu logo depois que Perlla foi a um programa de rádio, e cantou músicas seculares numa roda de pagode.

No comunicado, o pastor disse que tem “um compromisso com o rebanho do Senhor” e por isso não permitiria que uma cantora evangélica, na época, subisse no altar da igreja.

Numa outra situação, Otoni publicou um texto com criticas a cantora Anitta.

No teto, o vereador diz que a cantora Anitta, “não tem nenhuma responsabilidade profissional com essa meninada que ela conquistou”.

No texto é possível ler o termo “vagabunda de quinta”, usado pela assessoria do pastor, para definir o comportamento de Anitta.

O vereador pediu perdão pelo termo e disse que foi inapropriado.





Copyright © Beenla Networks LTDA. Todos os direitos reservados.