Pastor que atacou cantora Perlla, grava vídeo falando de Bolsonaro

Otoni de Paula falou sobre uma matéria da Folha de São Paulo e da aparição de Luciano Huck, falando sobre politica na Rede Globo.

Publicado em por Micael Batista

Pastor que atacou cantora Perlla, grava vídeo falando de Bolsonaro


Em apoio ao deputado Jair Bolsonaro (PSC – RJ), o vereador do Rio de janeiro, Otoni de Paula (PSC) gravou um vídeo fazendo criticas os meios de comunicação que falaram sobre o presidenciável, esta semana.

No vídeo, postado no Facebook de Bolsonaro, o vereador e pastor, comentou sobre a recente reportagem da Folha de São Paulo, onde o veículo de comunicação fez um levantamento de todo o patrimônio da família Bolsonaro.

Para Otoni, a reportagem não foi algo bem visto pelos leitores, já que a ideia da ‘Folha’ foi “descredibilizar” Bolsonaro.

“Gente, ficou feio demais. Pegar todo patrimônio da família Bolsonaro? Pra dizer o que? De que Bolsonaro não é honesto, como o povo está percebendo que ele é honesto e por isso querem votar nele?”

O vereador diz ainda que, não é dessa forma que a ‘Folha’ vai impedir das pessoas creditarem que Bolsonaro é honesto.

A reportagem, publicada no último dia 7 de janeiro no portal da Folha de São Paulo, mostra detalhadamente todos os bens que a família do presidenciável adquiriu nos últimos dez anos.

A matéria diz ainda que os preços de aquisição de apartamentos e casas, por exemplo, estavam bem abaixo da avaliação da Prefeitura do Rio de Janeiro, na época da compra.

Ainda no vídeo, que tem menos de dois minutos, Otoni fala sobre a Rede Globo.

Na verdade, ele comenta sobre o episódio onde o apresentador, Luciano Huck, aparece no programa do Faustão no último domingo (7).

O vereador acusou a Globo de ter feito propaganda eleitoral fora de hora. Isso porque surgiu a hipótese de Huck, se eleger a Presidente do Brasil ainda em 2018.

“Viu o que que a Globo fez ontem (domingo)? Apresentou o presidenciável, Luciano Huck! Propaganda eleitoral fora de hora. Mas não vai acontecer nada, porque foi a Globo. Agora imagina se fosse Jair Messias Bolsonaro?”, ressalta o vereador.

Na ocasião, Luciano Huck quando questionado por Fausto Silva, sobre a candidatura a presidência, ele garantiu que não se elegeria, mas que iria ajudar a transformar a politica brasileira.

Finalizando o vídeo, Otoni de Paula, acusa a imprensa de eleger ou tirar presidentes. Mas ele garante que as redes sociais estão fazendo o papel de “libertadores de mentes” dos brasileiros.

E diz, que se a imprensa continuar assim, o povo vai eleger Jair Bolsonaro como Presidente do Brasil.

“Vocês da imprensa estão acostumados, na arrogância de vocês, a eleger presidente, tirar presidente. Só que nessa eleição, isso tá fugindo do controle de vocês. A rede social está tendo um papel fundamental, que é o papel libertador da mente do cidadão brasileiro. Continuem batendo em Jair Bolsonaro, porque ele é igual massa de bolo: quanto mais bater, mais ele vai crescer”, finalizou Otoni de Paula.

 

O pastor Otoni já se meteu em polêmicas. Uma delas foi com a cantora Perlla. Ele publicou em sua rede social a suspensão de uma apresentação da cantora em sua igreja.

O fato ocorreu logo depois que Perlla foi a um programa de rádio, e cantou músicas seculares numa roda de pagode.

No comunicado, o pastor disse que tem “um compromisso com o rebanho do Senhor” e por isso não permitiria que uma cantora evangélica, na época, subisse no altar da igreja.

Numa outra situação, Otoni publicou um texto com criticas a cantora Anitta.

No teto, o vereador diz que a cantora Anitta, “não tem nenhuma responsabilidade profissional com essa meninada que ela conquistou”.

No texto é possível ler o termo “vagabunda de quinta”, usado pela assessoria do pastor, para definir o comportamento de Anitta.

O vereador pediu perdão pelo termo e disse que foi inapropriado.





Copyright © Beenla Networks LTDA. Todos os direitos reservados.