Saiba o que aconteceu com o supermercado que foi massacrada por recriminar o aborto e o sexo antes do casamento

O material foi criado para comemorar o Dia da Família, que foi celebrado no dia 8 de dezembro.


Publicado em: 02/01/18 às 9:44 por Micael Batista | Atualizado em 02/01/2018 às 9:44


Uma rede de supermercado em São Paulo tem sido massacrada tanto pela impressa, como pelas redes sociais. O motivo é uma cartilha que esta sendo distribuída pela empresa, onde condena a união homossexual, o sexo antes do casamento, o protagonismo da mulher nas relações e o aborto.

O material foi criado para comemorar o Dia da Família, que foi celebrado no dia 8 de dezembro. Nos dizeres da cartilha, tem textos como “os pilares do casamento”, “esposa seja submissa ao marido” e “aborto, um crime hediondo”, todos os temas com referências bíblicas.

É claro, que isso causou revolta e ativistas LGBTs estão pedindo que as pessoas não comprem na rede de supermercado Hirota, porque a cartilha oferecida por eles classifica a união homoafetiva como “antinatural, um erro, uma paixão infame, uma distorção de criação”.

Sobre o sexo antes do casamento, a cartilha descreve como “fornicação” e emenda: “se antes do casamento o sexo é proibido, no casamento é ordenado”. Em outras páginas é possível ler que “a submissão da mulher a seu marido é sua liberdade” e “o aborto é transformar o ventre materno, o mais sagrado habitat humano, num patíbulo de tortura”.

Por conta da repercussão negativa, a rede de supermercados Hirota publicou em uma de suas redes sociais, uma retratação, pedindo desculpas e dizendo que “em momento algum tivemos a intenção de polemizar, ofender ou discriminar qualquer forma de amor. Em nossos valores não há nenhum tipo de preconceito em relação a gênero, religião ou raça”.




Mais lidas

Mais artigos

Evangélico; Wesley Safadão vai à igreja mesmo com uma agenda de 25 shows por mês

O cantor ainda é muito criticado por ainda atuar no meio secular depois da sua conversão


Padre pede liberdade de Lula e depois se desculpa

O caso foi registrado no último domingo (21) durante a celebração de uma missa.


Após abandonar música gospel; Tonzão diz estar muito endividado e pede orações

O anuncio da falta de dinheiro foi feito numa das redes sociais do cantor, que deixou o gospel no final de 2017.


Igrejas de SP podem ficar isentas de taxas | Câmara já aprovou

O projeto foi votado e aprovado, agora segue pra sanção do prefeito João Dória


Igreja de R.R Soares deve quase R$15 Milhões à União |

Segundo levantamento, passa de R$900 milhões a dívida de entidades religiosas com o Governo


Presidente – Michel Temer pede orações após descobrir doença

Assessores de Temer estão pedindo que os pastores levantem um clamor pela vida do presidente


Magno Malta se irrita e ameaça processar a TV Senado –

O Senador insistiu que o câmera focasse na foto que ele segurava enquanto discursava


Cantor gospel | morre eletrocutado durante evento em igreja

Ele encostou em um fio desencapado e recebeu uma forte descarga. Foi levado ao hospital e faleceu.


Site lança biografia polêmica da cantora gospel Flordelis

A carreira música e política de Flordelis também é destacada no texto, que já recebeu duras críticas.


Veja | quais são as 7 músicas gospel que ficarão para história

Confira a lista das músicas gospel que marcaram nossa geração