Trump rejeita adesão de que transgêneros se alistem para as forças armadas

Conforme relatado anteriormente, Trump anunciou sua decisão de restabelecer a proibição de transgêneros nas forças armadas em julho


Publicado em: 20/12/17 às 23:45 por Micael Batista | Atualizado em 20/12/2017 às 23:45


A gestão do Presidente Donald Trump pediu que fosse adiada a ordem do Pentágono para alistar civis transgêneros  para atuar nas forças militares em uma moção na quarta-feira.

Um problema que surge é a questão da preparação das Forças Armadas para receber tal influxo em candidatos transgêneros.

Conforme relatado anteriormente, Donald Trump anunciou sua decisão de restabelecer a proibição de transgêneros nas forças armadas em julho, informando que a questão é uma distração e colocaria um fardo nas finanças das Forças Armadas.

O bilionário defendia desde os tempos da campanha a proibição do pessoal militar transgênero, afirmando que o exército dos EUA “deve se concentrar em uma vitória decisiva e esmagadora e não pode ser sobrecarregado com os tremendos custos e perturbações médicas que os transgêneros militares irão implicar”.

A moção dizia:

“Compelir os militares a implementar uma nova política de adesões, ao mesmo tempo em que está completando um estudo abrangente sobre o serviço militar por indivíduos transgêneros que podem resultar em adoção de diferentes acessos. Os padrões desperdiçariam recursos militares significativos e semear confusão desnecessária entre os membros do serviço e os candidatos, “

“Dada a natureza complexa e multidisciplinar dos padrões médicos que precisam ser emitidos e as dezenas de milhares de indivíduos geograficamente dispersos que precisam ser treinados, os militares não estarão adequadamente preparados para começar a processar os candidatos transgêneros para o serviço militar até 1º de janeiro de 2018, e exigir que os militares façam isso pode afetar negativamente a prontidão militar “, continua o documento.

A moção acrescentou que esta mudança “desperdiçaria recursos militares significativos e semearia confusão desnecessária entre os membros do serviço e os novos candidatos”.

Mas o juiz Kollar-Kotelly rejeitou a moção com a prerrogativa de que “Não há absolutamente nenhum apoio para a alegação de que o serviço contínuo de pessoas transgêneros teria algum efeito negativo sobre os militares. Na verdade, há evidências consideráveis ​​de que é a descarga e a proibição de tais indivíduos que teriam tais efeitos “, contestou o magistrado.

O Pentágono disse a repórteres esta semana que “está tomando medidas para estar preparado para iniciar acessos de candidatos transgêneros” à luz da recente ordem, enquanto também discute opções legais com o Departamento de Justiça.

A administração do Trump, pretende recorrer e solicita que uma decisão oficial seja tomada até segunda-feira, 11 de dezembro.

Enquanto isso, o Pentágono segue tomando medidas para se preparar para as adesões de candidatos transgêneros aos militares.




Mais lidas

Mais artigos

Evangélico; Wesley Safadão vai à igreja mesmo com uma agenda de 25 shows por mês

O cantor ainda é muito criticado por ainda atuar no meio secular depois da sua conversão


Padre pede liberdade de Lula e depois se desculpa

O caso foi registrado no último domingo (21) durante a celebração de uma missa.


Após abandonar música gospel; Tonzão diz estar muito endividado e pede orações

O anuncio da falta de dinheiro foi feito numa das redes sociais do cantor, que deixou o gospel no final de 2017.


Igrejas de SP podem ficar isentas de taxas | Câmara já aprovou

O projeto foi votado e aprovado, agora segue pra sanção do prefeito João Dória


Igreja de R.R Soares deve quase R$15 Milhões à União |

Segundo levantamento, passa de R$900 milhões a dívida de entidades religiosas com o Governo


Presidente – Michel Temer pede orações após descobrir doença

Assessores de Temer estão pedindo que os pastores levantem um clamor pela vida do presidente


Magno Malta se irrita e ameaça processar a TV Senado –

O Senador insistiu que o câmera focasse na foto que ele segurava enquanto discursava


Cantor gospel | morre eletrocutado durante evento em igreja

Ele encostou em um fio desencapado e recebeu uma forte descarga. Foi levado ao hospital e faleceu.


Site lança biografia polêmica da cantora gospel Flordelis

A carreira música e política de Flordelis também é destacada no texto, que já recebeu duras críticas.


Veja | quais são as 7 músicas gospel que ficarão para história

Confira a lista das músicas gospel que marcaram nossa geração