Supermercado distribui cartilha com “valores da família” e causa polêmica

A cartilha teria texto que diz que a união homo afetiva é “um erro, uma paixão infame, uma distorção da criação”.


Publicado em: 25/12/17 às 10:13 por Micael Batista | Atualizado em 25/12/2017 às 10:13


A rede de supermercados Hirota Food, com muitas filiais por todo São Paulo, se envolveu em uma polêmica recentemente ao distribuir para seus clientes cartilhas com os valores da família e discurso conservador.
A cartilha teria texto que diz que a união homo afetiva é “um erro, uma paixão infame, uma distorção da criação”.
A “Comissão Gente de Valor”, um setor interno da Hirota, teria desenvolvido a cartilha, segundo informações da própria empresa.
Um cliente do estabelecimento, Vanessa Camargo, postou no dia 10 e o texto viralizou desde então, com quase 600 compartilhamentos.
Ela conta que após comprar na loja teria recebido a polêmica cartilha:

“Ontem à noite, eu, minha irmã e minha noiva estivemos no Hirota Food Supermercados e após pagarmos a conta, recebemos do rapaz que estava no caixa com uma Cartilha com os Valores da Família”, contou Vanessa.

Vanessa ainda postou duas fotos com a cartilha: a primeira, da parte com a logomarca da empresa e a segunda, mostrava o tópico “Os Pilares do Casamento”.
Finalizando, Vanessa escreveu: “E é isso que a minha fé me ensina: que Deus é amor! E onde não há desrespeito, não há amor. Eu não volto mais aquele lugar. Eu não financio homofobia. Não financio transfobia. Não financio bifobia. Não financio desrespeito”.
A publicação rapidamente levantou a indignação de vários outros internautas: “Péssimo! E ainda acham que estão transmitindo valores!” e “Nossa eu comia lá direto. Nunca mais.” Disse um deles.
A marca enviou uma nota com pedido de desculpas sobre qualquer transtorno.
E enviou uma nota escrita a Revista Exame que noticiou o caso:

“O Hirota Food Supermercados lamenta qualquer transtorno que tenha causado pela distribuição da cartilha da família.
Reiteramos que em momento algum tivemos a intenção de polemizar, ofender ou discriminar qualquer forma de amor.
Em nossos valores não há nenhum tipo de preconceito em relação à gênero, religião ou raça.
Atendemos todas as famílias da mesma forma, com a mesma humildade e carinho.
Nossas sinceras desculpas a todos.”




Mais lidas

Mais artigos

Evangélico; Wesley Safadão vai à igreja mesmo com uma agenda de 25 shows por mês

O cantor ainda é muito criticado por ainda atuar no meio secular depois da sua conversão


Padre pede liberdade de Lula e depois se desculpa

O caso foi registrado no último domingo (21) durante a celebração de uma missa.


Após abandonar música gospel; Tonzão diz estar muito endividado e pede orações

O anuncio da falta de dinheiro foi feito numa das redes sociais do cantor, que deixou o gospel no final de 2017.


Igrejas de SP podem ficar isentas de taxas | Câmara já aprovou

O projeto foi votado e aprovado, agora segue pra sanção do prefeito João Dória


Igreja de R.R Soares deve quase R$15 Milhões à União |

Segundo levantamento, passa de R$900 milhões a dívida de entidades religiosas com o Governo


Presidente – Michel Temer pede orações após descobrir doença

Assessores de Temer estão pedindo que os pastores levantem um clamor pela vida do presidente


Magno Malta se irrita e ameaça processar a TV Senado –

O Senador insistiu que o câmera focasse na foto que ele segurava enquanto discursava


Cantor gospel | morre eletrocutado durante evento em igreja

Ele encostou em um fio desencapado e recebeu uma forte descarga. Foi levado ao hospital e faleceu.


Site lança biografia polêmica da cantora gospel Flordelis

A carreira música e política de Flordelis também é destacada no texto, que já recebeu duras críticas.


Veja | quais são as 7 músicas gospel que ficarão para história

Confira a lista das músicas gospel que marcaram nossa geração