Stephen Bawlding confessa estar sendo perseguido por ser cristão

Stephen Bawlding afirmou sentir forte rejeição em hollywood por conta de sua declarada fé em Cristo.


Publicado em: 28/12/17 às 14:32 por Micael Batista | Atualizado em 28/12/2017 às 14:32


O hollywoodiano ator Stephen Bawlding afirmou sentir forte rejeição em hollywood por conta de sua declarada fé em Cristo e por apoiar o Presidente Donald Trump.
Ele disse que os produtores falam abertamente que querem distância dele e de sua bíblia.
Em uma entrevista concedida ao The Hollywood Reporter nesta última terça-feira (26), para divulgar seu novo trabalho televisivo a série “Great American Pilgrimage”.
Na nova produção o ator roda os Estados Unidos entrevistando cidadãos comuns do país discutindo sobre política, o apoio a Trump e sobre questões religiosas.
Stephen Bawlding que é cristão declarado, diz já ter ganhado a fama de “Jesus freak de Hollywood”, porém não liga pra isso.

“É lamentável que, porque eu aceitei Jesus há 15 anos, há muitos em Hollywood que não estão dispostos a trabalhar comigo. Isso não é um palpite. Os produtores me disseram que eles chegaram a levar meu nome para uma reunião e a resposta foi: ‘De jeito nenhum, não vamos trazer esse cara e sua Bíblia aqui’”, contou.
Sobre apoiar Trump ser motivo de perseguição Bawlding fala, “O humor foi inventado por Jesus. Por favor, coloque isso na entrevista para que todas essas pessoas fabulosas de Hollywood possam ler que Baldwin disse que Jesus inventou o humor. Porque estou fazendo uma ‘peregrinação americana’, porque todos nós estamos conectados com o humor, mas estamos perdendo essa alegria”, destacou.

Discretos aliados

O ator Stephen Bawlding que atuou em filmes de sucesso ao lado de atores famosos como Tom Cruise, alega não estar sozinho no apoio a Trump em Hollywood, mas que seus colegas o fazem de forma mais discreta.

“Eu tenho amigos realmente inteligentes que estão tendo muito sucesso como produtores, escritores e financiadores, e eles mantêm opiniões conservadoras, mas não podem falar sobre isso”, acrescentou ele. “Há um grande círculo eleitoral em Hollywood que votou em Trump, mas essas pessoas jamais vão admitir isso”.

Stephen Bawlding, se converteu após o atentado terrorista em setembro de 2011 e declarou ao site Christian Post acreditar que o presidente Trump muito contribuirá para a nação americana “A verdade é que eu disse um monte de coisas sobre o presidente Trump antes dele ser eleito e depois.Eu sempre acreditei que ele era o cara que Deus tinha em mente para esta vez”, afirmou Baldwin.




Mais lidas

Mais artigos

Aline Barros fica surpresa pelo público alcançado com o seu novo projeto

Os seguidores da artista gospel estão achando magnifico, e ficaram impressionados


Cantor gospel Carlinhos Félix concede entrevista exclusiva ao Gospel Post

Desde sempre eu tenho esse chamado e Deus me escolheu mesmo, como agente canta, 'lá no ventre da minha mãe'.  


Silas Malafaia quebra o silêncio e rebate as críticas da revista Veja!

A revista Veja! nesse domingo (26) fez uma publicação onde dizia que a bancada evangélica estava com medo de se manifestar sobre as mobilizações de ontem


Juninho Black quebra silêncio e revela verdade sobre seu casamento

O artista gospel após ter negado não está com affair, revelou toda a verdade para o mundo gospel que ainda apostou em um recomeço


Fernanda Brum fala pela primeira vez sobre pacto com o diabo

A cantora gospel e pastora Fernanda Brum, é um dos maiores nomes da música evangélica. Com isso, influencia muitas pessoas


Tronco cai sobre automóvel de pastor e causa grave acidente

O acidente entretanto, aconteceu em Carolina do Norte, envolvendo o pastor de uma igreja local.


Igreja Universal realiza feito histórico e fiéis comemoram

O fato se tratou de um casamento simultâneo que segundo a estimativa, uniu  10.784 casais


Malafaia fala sobre deputados que voltaram contra a COAF; ‘rabo preso’

No entanto, a sua indignação dessa vez, tratou-se sobre os parlamentares da bancada evangélica que voltaram contra a COAF


Pastor é morto a tiros a mando de traficantes e família se desespera

O pastor João Auzier Neto, de 65 anos foi assassinado com pelo menos três tiros. O caso aconteceu no bairro Nova Esperança localizado em Manaus-AM


Presidente toma decisão inesperada e cristãos se entristecem

As expectativas da maioria dos católicos não foram atendidas, pois recentemente o presidente havia dito que iria consagrar o país a Nossa Senhora