Pastor expulsa preletora, alegando que estava “com traje de macumba”

E quando ela estava se preparando para começar seu trabalho, chegou o pastor da igreja, e a expulsou, não somente ela, mas como todos que vieram juntamente com Tia Kelly


Publicado em: 07/12/17 às 10:12 por Micael Batista | Atualizado em 07/12/2017 às 10:12


Uma preletora infantil foi expulsa de uma igreja evangélica na cidade de Jussara (PR), neste último domingo(3), e o motivo seria a roupa de sua personagem, a tia Boneca.
Kelly Andrade, mais conhecida como Tia Boneca, congrega na Assembleia de Deus Ministério Belém de Santos, no litoral de São Paulo e recebeu o convite para ir até o estado do Paraná, para se apresentar para algumas crianças em um evento.
A própria preletora contou a um site de noticias gospel, de que teria recebido claras recomendações sobre como proceder na Igreja Evangélica Luz do Mundo e, inclusive, não era possível passar maquiagem ou usar perucas, devido a igreja ainda ser bem tradicional.
A irmã então, viajou e para se apresentar levou apenas sua jardineira branca com notas musicais estampadas, prendeu os cabelos em duas partes(maria Chiquinha), passou corretivo e rímel para ficar parecendo uma boneca.
E quando ela estava se preparando para começar seu trabalho, chegou o pastor da igreja, e a expulsou, não somente ela, mas como todos que vieram juntamente com Tia Kelly.

“Segundo esse senhor, a igreja era dele, e pregava a Bíblia e a mesma não estava com vestimenta adequada. Expulsou não somente a Tia Kelly, como também, todos que estavam a acompanhando”, afirmou em nota a assessoria da preletora.

Ainda de acordo com a nota, alguém da equipe ouviu o pastor dizer que a preletora estaria “com traje de macumba”, devido a jardineira ser branca com a saia rodada.

“Em momento algum Tia Kelly se opôs, apenas pediu para pegar suas coisas, o que foi negado com esse senhor falando alto, alterado para ela se retirar. Foi necessário que uma irmã buscasse os pertences dela”, continua a denúncia.

Kelly, trabalha com ministério infantil há quase 5 anos e não estipula cachê para ministrar nas igrejas onde vai, recebendo apenas doações. A personagem Tia Boneca diverte e ensina sobre Cristo às crianças de uma forma divertida para chamar a atenção dos pequenos.

“Acreditamos e sabemos que as igrejas têm suas doutrinas e jamais faríamos algo para desrespeitar. Tia Kelly foi expulsa de uma igreja pela pessoa que deveria acolher, aconselhar, amar”, finaliza a assessoria.

Assista o vídeo com a versão da Tia Kelly:




Mais lidas

Mais artigos

Aline Barros fica surpresa pelo público alcançado com o seu novo projeto

Os seguidores da artista gospel estão achando magnifico, e ficaram impressionados


Cantor gospel Carlinhos Félix concede entrevista exclusiva ao Gospel Post

Desde sempre eu tenho esse chamado e Deus me escolheu mesmo, como agente canta, 'lá no ventre da minha mãe'.  


Silas Malafaia quebra o silêncio e rebate as críticas da revista Veja!

A revista Veja! nesse domingo (26) fez uma publicação onde dizia que a bancada evangélica estava com medo de se manifestar sobre as mobilizações de ontem


Juninho Black quebra silêncio e revela verdade sobre seu casamento

O artista gospel após ter negado não está com affair, revelou toda a verdade para o mundo gospel que ainda apostou em um recomeço


Fernanda Brum fala pela primeira vez sobre pacto com o diabo

A cantora gospel e pastora Fernanda Brum, é um dos maiores nomes da música evangélica. Com isso, influencia muitas pessoas


Tronco cai sobre automóvel de pastor e causa grave acidente

O acidente entretanto, aconteceu em Carolina do Norte, envolvendo o pastor de uma igreja local.


Igreja Universal realiza feito histórico e fiéis comemoram

O fato se tratou de um casamento simultâneo que segundo a estimativa, uniu  10.784 casais


Malafaia fala sobre deputados que voltaram contra a COAF; ‘rabo preso’

No entanto, a sua indignação dessa vez, tratou-se sobre os parlamentares da bancada evangélica que voltaram contra a COAF


Pastor é morto a tiros a mando de traficantes e família se desespera

O pastor João Auzier Neto, de 65 anos foi assassinado com pelo menos três tiros. O caso aconteceu no bairro Nova Esperança localizado em Manaus-AM


Presidente toma decisão inesperada e cristãos se entristecem

As expectativas da maioria dos católicos não foram atendidas, pois recentemente o presidente havia dito que iria consagrar o país a Nossa Senhora