Terreiro de Candomblé será reconstruído com dinheiro de igreja evangélica

Dada as circunstâncias o barracão passará por uma reforma e será reconstruído com apoio financeiro de igrejas evangélicas.


Publicado em: 26/11/17 às 10:11 por Micael Batista | Atualizado em 26/11/2017 às 10:11


Há 3 anos atrás, no dia 27 de junho de 2014, o segundo andar da casa de candomblé Kwe Cejá Gbé, localizado no bairro Taquara, em Caxias, tudo transformou-se em cinzas.
O incêndio foi criminoso, a casa foi invadida pela madrugada e já não foi a primeira vez q aconteceu. “Nos últimos seis anos, também colocaram fogo em três carros e no andar de baixo da casa. É alguém que conhece os horários daqui, sempre ataca quando não tem ninguém. Pode ser intolerância religiosa”, afirmou a filha de santo Adriana Pedrosa.
Dada as circunstâncias o barracão passará por uma reforma e será reconstruído com apoio financeiro de igrejas evangélicas. O Conselho de Igrejas Cristãs do Estado do Rio de Janeiro presidido pela pastora Lusmarina Campos Garcia, da igreja luterana, decidiu intervir e ajudar ao centro religioso em nome ecumenismo e do diálogo inter-religioso, já que é sabido o crime ter sido de origem de intolerância religiosa.
O Conic-Rio (O Conselho de Igrejas Cristãs do Estado do Rio de Janeiro é formado pelas seguintes igrejas: Aliança de Batistas do Brasil – ABB; Igreja Católica Apostólica Romana – ICAR; Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – IEAB; Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – IECLB; Igreja Presbiteriana Unida – IPU; e Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia – ISOA.
O presidente da CCIR( Comissão de Combate à Intolerância Religiosa) Ivanir dos Santos,que é babalaô, apóia a causa e afirma ter outra série de igrejas engajadas na causa da reforma, onde o novo centro será reconstruído.
“Mais do que a reconstrução do espaço físico, esta ação reconstrói relações e afirma que é a partir da solidariedade que é possível estabelecer a paz, a comunhão e o amor entre as diferentes religiões”, contou à Revista Pazes.
Ivanor lembra ainda de um outro caso de intolerância em que o centro de camdoblé de foi queimado e sua líder ainda sofreu uma tentativa de homicídio. E ficou fechado por 1 ano e meio, sob investigação da polícia, que jamais encontrou os culpados pelo crime.




Mais lidas

Mais artigos

Evangélico; Wesley Safadão vai à igreja mesmo com uma agenda de 25 shows por mês

O cantor ainda é muito criticado por ainda atuar no meio secular depois da sua conversão


Padre pede liberdade de Lula e depois se desculpa

O caso foi registrado no último domingo (21) durante a celebração de uma missa.


Após abandonar música gospel; Tonzão diz estar muito endividado e pede orações

O anuncio da falta de dinheiro foi feito numa das redes sociais do cantor, que deixou o gospel no final de 2017.


Igrejas de SP podem ficar isentas de taxas | Câmara já aprovou

O projeto foi votado e aprovado, agora segue pra sanção do prefeito João Dória


Igreja de R.R Soares deve quase R$15 Milhões à União |

Segundo levantamento, passa de R$900 milhões a dívida de entidades religiosas com o Governo


Presidente – Michel Temer pede orações após descobrir doença

Assessores de Temer estão pedindo que os pastores levantem um clamor pela vida do presidente


Magno Malta se irrita e ameaça processar a TV Senado –

O Senador insistiu que o câmera focasse na foto que ele segurava enquanto discursava


Cantor gospel | morre eletrocutado durante evento em igreja

Ele encostou em um fio desencapado e recebeu uma forte descarga. Foi levado ao hospital e faleceu.


Site lança biografia polêmica da cantora gospel Flordelis

A carreira música e política de Flordelis também é destacada no texto, que já recebeu duras críticas.


Veja | quais são as 7 músicas gospel que ficarão para história

Confira a lista das músicas gospel que marcaram nossa geração