Papa Francisco vai à culto em igreja Evangélica Pentecostal

O papa ainda fez um pedido de perdão aos cristãos pela perseguição fascista nos meados do século passado aos evangélicos


Publicado em: 18/11/17 às 11:40 por Micael Batista | Atualizado em 18/11/2017 às 11:40


O Papa Francisco visitou uma igreja Evangélica Pentecostal no último dia 28, segunda-feira, na cidade de Caserta, no sul da Itália.
Ele visitou a Igreja da Reconciliação cujo templo está em construção, pregando para uma platéia de aproximadamente 400 pessoas, numa cerimônia que durou pelo menos 1 hora e meia.
Os católicos o aguardavam na porta do templo, curiosos pela visita inusitada.
O papa Francisco é o primeiro Papa a realizar tal feito, visitando uma igreja pentecostal, já foram feitos tentativas em outros papados papas, mas nenhum atendeu anteriormente.
Antes de chegar a igreja, o Papa que saiu do vaticano de helicóptero que aterrissou na cidade de Caserta, seguiu até a casa de um amigo de longas datas, que com ele conversou em particular, o Pastor Traettino, com quem foi ao evento.
Iniciando seu discurso, o papa ainda fez um pedido de perdão aos cristãos pela perseguição fascista nos meados do século passado aos evangélicos:
“Entre os que perseguiam e denunciavam os pentecostais,como se fossem pessoas loucas tentando destruir a raça,havia também católicos!”,afirmou.
“Eu sou o pastor dos católicos, e peço perdão por aqueles irmãos e irmãs que não compreenderam e foram tentados pelo diabo”, reiterou.
O Papa Francisco falou ainda de aproximação e da repercussão de sua visita aos evangélicos:
“mas alguém vai se surpreender,o papa foi ver os evangélicos? Mas ele foi ver seus irmãos”.Disse acreditar numa espécie de “união na diversidade”,entre os seguidores de Cristo.
“ O Espírito Santo cria diversidade dentro da igreja. A diversidade é bela, mas o próprio Espírito Santo cria a unidade, para que a igreja esteja unida na diversidade(…) uma diversidade conciliadora”.
Após o encontro, o Papa almoçou com a comunidade, conforme informou o site de notícias do vaticano. Nesta mesma cidade, dois dias antes (26) O Papa Francisco já havia celebrado, para quase 200 mil pessoas, uma missa em homenagem à padroeira Santa Ana.
O Papa João Paulo II, já havia pedido perdão por perseguições aos protestantes ao longo do período inquisitório da igreja católica no século 16.



Mais lidas

Mais artigos

Aline Barros fica surpresa pelo público alcançado com o seu novo projeto

Os seguidores da artista gospel estão achando magnifico, e ficaram impressionados


Cantor gospel Carlinhos Félix concede entrevista exclusiva ao Gospel Post

Desde sempre eu tenho esse chamado e Deus me escolheu mesmo, como agente canta, 'lá no ventre da minha mãe'.  


Silas Malafaia quebra o silêncio e rebate as críticas da revista Veja!

A revista Veja! nesse domingo (26) fez uma publicação onde dizia que a bancada evangélica estava com medo de se manifestar sobre as mobilizações de ontem


Juninho Black quebra silêncio e revela verdade sobre seu casamento

O artista gospel após ter negado não está com affair, revelou toda a verdade para o mundo gospel que ainda apostou em um recomeço


Fernanda Brum fala pela primeira vez sobre pacto com o diabo

A cantora gospel e pastora Fernanda Brum, é um dos maiores nomes da música evangélica. Com isso, influencia muitas pessoas


Tronco cai sobre automóvel de pastor e causa grave acidente

O acidente entretanto, aconteceu em Carolina do Norte, envolvendo o pastor de uma igreja local.


Igreja Universal realiza feito histórico e fiéis comemoram

O fato se tratou de um casamento simultâneo que segundo a estimativa, uniu  10.784 casais


Malafaia fala sobre deputados que voltaram contra a COAF; ‘rabo preso’

No entanto, a sua indignação dessa vez, tratou-se sobre os parlamentares da bancada evangélica que voltaram contra a COAF


Pastor é morto a tiros a mando de traficantes e família se desespera

O pastor João Auzier Neto, de 65 anos foi assassinado com pelo menos três tiros. O caso aconteceu no bairro Nova Esperança localizado em Manaus-AM


Presidente toma decisão inesperada e cristãos se entristecem

As expectativas da maioria dos católicos não foram atendidas, pois recentemente o presidente havia dito que iria consagrar o país a Nossa Senhora