Terreiro de Candomblé será reconstruído com dinheiro de igreja evangélica

Dada as circunstâncias o barracão passará por uma reforma e será reconstruído com apoio financeiro de igrejas evangélicas.


2 anos atrás | Micael Batista


Há 3 anos atrás, no dia 27 de junho de 2014, o segundo andar da casa de candomblé Kwe Cejá Gbé, localizado no bairro Taquara, em Caxias, tudo transformou-se em cinzas.
O incêndio foi criminoso, a casa foi invadida pela madrugada e já não foi a primeira vez q aconteceu. “Nos últimos seis anos, também colocaram fogo em três carros e no andar de baixo da casa. É alguém que conhece os horários daqui, sempre ataca quando não tem ninguém. Pode ser intolerância religiosa”, afirmou a filha de santo Adriana Pedrosa.
Dada as circunstâncias o barracão passará por uma reforma e será reconstruído com apoio financeiro de igrejas evangélicas. O Conselho de Igrejas Cristãs do Estado do Rio de Janeiro presidido pela pastora Lusmarina Campos Garcia, da igreja luterana, decidiu intervir e ajudar ao centro religioso em nome ecumenismo e do diálogo inter-religioso, já que é sabido o crime ter sido de origem de intolerância religiosa.
O Conic-Rio (O Conselho de Igrejas Cristãs do Estado do Rio de Janeiro é formado pelas seguintes igrejas: Aliança de Batistas do Brasil – ABB; Igreja Católica Apostólica Romana – ICAR; Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – IEAB; Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – IECLB; Igreja Presbiteriana Unida – IPU; e Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia – ISOA.
O presidente da CCIR( Comissão de Combate à Intolerância Religiosa) Ivanir dos Santos,que é babalaô, apóia a causa e afirma ter outra série de igrejas engajadas na causa da reforma, onde o novo centro será reconstruído.
“Mais do que a reconstrução do espaço físico, esta ação reconstrói relações e afirma que é a partir da solidariedade que é possível estabelecer a paz, a comunhão e o amor entre as diferentes religiões”, contou à Revista Pazes.
Ivanor lembra ainda de um outro caso de intolerância em que o centro de camdoblé de foi queimado e sua líder ainda sofreu uma tentativa de homicídio. E ficou fechado por 1 ano e meio, sob investigação da polícia, que jamais encontrou os culpados pelo crime.




Mais lidas

Mais artigos

Palhaçada, diz fã ao ver foto da cantora Kemilly Santos torcendo pelo Brasil

As imagens foram publicadas no perfil oficial da cantora, depois da partida entre Brasil e México.


Emocionada! Cantora Simone pede aos fãs que orem pelo retorno de Simaria aos palcos

A cantora já vinha há alguns dias cumprindo agendas sem a companhia de sua irmã devido complicações de saúde


Pastor Cláudio Duarte declara nas redes sociais apoio à presidenciável

O pastor Cláudio Duarte fez uso das redes sociais e falou sobre a importância de como se portar diante dessa situação


Bianca Toledo supera crise e ganha prêmio de Encontro Literário

Bianca Toledo, que passou por vários problemas, e se envolveu em diversas polêmicas, essa semana mostrou que continua forte e conquistando, aos poucos, seus objetivos


Fernanda Brum realiza show gospel, após recuperação de doença

A cantora ressaltou que só poderá fazer algo em torno de 4 eventos por mês


Gabriela Rocha se casa na Itália em cerimônia intimista

A cerimônia aconteceu na Itália, numa comuna chamada Cernobbio, a sua lista de convidados foi bastante resumida para o padrão do casamento


Filha de Vanilda Bordieri diz ter sido abusada sexualmente aos 4 anos de idade

Vanilda fez um breve comentário no Instagram sobre o ocorrido com sua filha e disse "Esse é o Real motivo da minha guerra do meu desespero da minha angustia"


Daniela Araújo grava música nova e ganha elogios dos seguidores

Daniela foi bastante elogiada por seus seguidores, que afirmaram ficar emocionados com a forma intensa com a qual a letra foi escrita


Veja: 5 acontecimentos que marcaram o mundo gospel em 2018

O site Gospel Post preparou pra você 5 fatos ocorridos no mundo gospel que marcaram o ano de 2018